O que é o ‘lockdown’?

2 minute read

Quando os casos de COVID-19 aumentam de forma descontrolada, os hospitais não dão conta do número crescente de pacientes. Para evitar que os hospitais travem devido a superlotação, governos no Brasil vão adotar o ‘lockdown’, o bloqueio. Abaixo explico o que isso significa. Neste artigo da BBC Brasil você encontrará mais informações sobre como o bloqueio pode ajudar a conter uma epidemia.

Compartilhe o texto e imagem abaixo via WhatsApp

Texto: https://bit.ly/COVID-bloqueio
Autor: Dr Anderson F. Brito, Virologista

Quando a transmissão viral aumenta rapidamente, o número de casos de COVID-19 explode, podendo levar os hospitais ao colapso. Quando a população não participa voluntariamente do isolamento físico (ficando em casa), governos podem usar recursos mais rigorosos, como o ‘lockdown’.

O que é o ‘lockdown’?
Lockdown (confinamento, em inglês) é uma medida de bloqueio drástico das atividades numa cidade ou estado, por decisão governamental ou judicial. No confinamento, agentes de segurança pública impõem barreiras à circulação. Transeuntes e motoristas poderão ser questionados sobre a razão de estarem circulando, e multas podem ser aplicadas.

Mas o bloqueio é absoluto? Pára tudo?
Não. O bloqueio não é absoluto. Atividades primordiais, como aquelas desenvolvidas por trabalhadores essenciais continuam, assim como idas a supermercados e farmácias, e claro, idas a hospitais e postos de saúde. Qualquer atividade secundária passa a ser proibida.

Qual o objetivo do bloqueio?
O objetivo do lockdown é reduzir a taxa de transmissão do vírus. Essa taxa (chamada ‘R’) indica quantas pessoas em média são contaminadas por uma pessoa infectada. Quando a taxa é alta, a doença se espalha rápido; quando é igual a 1, a epidemia se estabiliza, e; se ficar abaixo de 1, a epidemia pode ser controlada.

E o isolamento físico atual tem dado resultado?
Sim. Antes do isolamento, a taxa de transmissão (R) era de 2.8 no Brasil, bastante alta. Com as medidas de isolamento físico adotadas até hoje, conseguimos reduzir o R para 1.5. Isso é uma ótima notícia! Mas ainda não é suficiente, e o lockdown poderia reduzir a taxa de transmissão ainda mais, para abaixo de 1.

Quando é necessário aumentar o isolamento?
O bloqueio é necessário quando os hospitais estão a beira do colapso. Ele é usado especialmente quando o isolamento físico voluntário não foi respeitado pela população nos estágios iniciais da epidemia. Com um lockdown interrompemos novas transmissões e diminuímos os casos da doença.

Em quanto tempo veremos os efeitos práticos do lockdown?
Uma vez exposta ao vírus, a pessoa infectada pode levar em média 5 dias para apresentar sintomas. Uma vez internada, um eventual óbito só acontece após 18 dias, em média. Assim, os efeitos do lockdown no número de casos e mortes poderiam levar entre 1 a 4 semanas para dar resultado.

Em poucas palavras
O bloqueio é usado especialmente quando o número de infectados cresce em proporção muito acima do que os hospitais dão conta de atender. É adotado em estágios avançados de uma epidemia, e bloqueia a circulação de pessoas nas ruas, com fiscalização, e possíveis multas. O objetivo é reduzir o número de casos e mortes num prazo de semanas: os resultados não são imediatos.


Compartilhe em suas redes sociais

Updated: